Related Posts with Thumbnails

Amigos que me acompanham

28/09/2009

Adesivos




Acho lindo um adesivo, dá um toque todo especial ao ambiente, ainda não me animei a fazer mas juro que vou tentar e quando fizer posto aqui para compartilhar com todos.

Read more...

27/09/2009

Para reflexão



Uma mulher saiu de sua casa e viu três homens com longas barbas brancas sentados em frente ao quintal dela. Ela não os reconheceu. Então ela disse:
- Acho que não os conheço, mas devem estar com fome. Por favor, entrem e comam algo.
- O homem da casa está? "Perguntaram."
- Não, ela disse, está fora.
- Então não podemos entrar. Eles responderam.
A noite quando o marido chegou, ela contou-lhe o que aconteceu.
- Vá e diga que estou em casa e convide-os a entrar. A mulher saiu e convidou-os a entrar.
- Não podemos entrar juntos. Responderam.
- Porque isto? Ela quis saber. Um dos velhos explicou-lhe:
- Seu nome é FARTURA. "Ele disse apontando um dos seus amigos e mostrando o outro, falou:" - Ele é o SUCESSO e eu sou o AMOR. "E completou:"
- Agora vá e discuta com seu marido qual de nós vocês querem em sua casa. A mulher entrou e falou ao marido o que foi dito. Ele ficou arrebatado e disse:
- Que bom! Neste caso vamos convidar a FARTURA. Deixe-o entrar e encher a nossa casa de fartura. A esposa discordou:
- Meu querido porque não convidamos o SUCESSO? A cunhada dele ouvia do outro canto da casa. Ela apresentou sua sugestão:
- Não seria melhor convidar o AMOR? Nossa casa estará então cheia de amor. Disse o marido para a esposa:
- Atentamos para o conselho da minha cunhada. Vá lá fora e chame o AMOR para ser nosso convidado. O AMOR levantou-se e seguiu em direção à casa. Os outros dois levantaram e seguiram-no. Surpresa a senhora perguntou-lhes:
- Apenas convidei o AMOR, porque vocês dois entraram? Os velhos homens responderam juntos:
- Se você convidasse a FARTURA ou o SUCESSO, os outros dois esperariam aqui fora, mas se você convidar o AMOR, onde ele for iremos com ele. Onde há AMOR, há também FARTURA e SUCESSO!!!

Texto extraído de http://idealdicas.com/dica/?gratis=amor-fartura-ou-sucesso

Um ótimo início de semana a todos!!!

Read more...

Primavera

Adoro esta estação, gosto de ver as flores colorindo os jardins, os perfumes e aromas pelos ares, os dias mais alegres e consequentemente as pessoas mais felizes.





Quando o inverno chegar
Eu quero estar junto a ti
Pode o outono voltar
Eu quero estar junto a ti
Porque (é primavera)
Te amo (é primavera)
Te amo meu amor
Trago esta rosa (para te dar)
Trago esta rosa (para te dar)
Trago esta rosa (para te dar)
Meu amor...
Hoje o céu está tão lindo (sai chuva)
Hoje o céu está tão lindo (meu amor)

Read more...

26/09/2009

Feliz Aniversário


Estas imagens dedico a minha amiga Nóris que ama gatos e está de aniversário hoje.
Parabéns, que todos os teus sonhos se realizem e que sejas sempre muito feliz!!










Read more...

Simplesmente Mulher




(Texto na Revista do Jornal O Globo)




'Eu não sirvo de exemplo para nada, mas,


se você quer saber se isso é possível, me ofereço como piloto de testes.


Sou a Miss Imperfeita, muito prazer.


A imperfeita que faz tudo o que precisa fazer, como boa profissional, mãe, filha e mulher que também sou:


trabalho todos os dias, ganho minha grana, vou ao supermercado, decido o cardápio das refeições, cuido dos filhos, marido (se tiver), telefono sempre para minha mãe, procuro minhas amigas, namoro, viajo, vou ao cinema, pago minhas contas, respondo a toneladas de e mails, faço revisões no dentista, mamografia, caminho meia hora diariamente, compro flores para casa, providencio os consertos domésticos e ainda faço as unhas e depilação!


E, entre uma coisa e outra, leio livros.


Portanto, sou ocupada, mas não uma workholic.


Por mais disciplinada e responsável que eu seja,


aprendi duas coisinhas que operam milagres.


Primeiro: a dizer NÃO.


Segundo: a não sentir um pingo de culpa por dizer NÃO.


Culpa por nada, aliás.


Existe a Coca Zero, o Fome Zero, o Recruta Zero.


Pois inclua na sua lista a Culpa Zero.


Quando você nasceu, nenhum profeta adentrou a sala da maternidade e lhe apontou o dedo dizendo que a partir daquele momento você seria modelo para os outros.


Seu pai e sua mãe, acredite, não tiveram essa expectativa:


tudo o que desejaram é que você não chorasse muito durante as madrugadas e mamasse direitinho.


Você não é Nossa Senhora.


Você é, humildemente, uma mulher.


E, se não aprender a delegar, a priorizar e a se divertir,


bye-bye vida interessante.


Porque vida interessante não é ter a agenda lotada,


não é ser sempre politicamente correta,


não é topar qualquer projeto por dinheiro,


não é atender a todos e criar para si a falsa impressão de ser indispensável. É ter tempo.


Tempo para fazer nada.


Tempo para fazer tudo.


Tempo para dançar sozinha na sala.


Tempo para bisbilhotar uma loja de discos.


Tempo para sumir dois dias com seu amor.


Três dias.


Cinco dias!


Tempo para uma massagem.


Tempo para ver a novela.


Tempo para receber aquela sua amiga que é consultora


de produtos de beleza.


Tempo para fazer um trabalho voluntário.


Tempo para procurar um abajur novo para seu quarto.


Tempo para conhecer outras pessoas.


Voltar a estudar.


Para engravidar.


Tempo para escrever um livro que você nem sabe


se um dia será editado.


Tempo, principalmente, para descobrir que você pode ser perfeitamente organizada e profissional sem deixar de existir.


Porque nossa existência não é contabilizada por um relógio de ponto ou pela quantidade de memorandos virtuais que atolam nossa caixa postal.


Existir, a que será que se destina?


Destina-se a ter o tempo a favor, e não contra.


A mulher moderna anda muito antiga.


Acredita que, se não for super, se não for mega, se não for uma executiva ISO 9000, não será bem avaliada.


Está tentando provar não-sei-o-quê para não-sei-quem.


Precisa respeitar o mosaico de si mesma,


privilegiar cada pedacinho de si.


Se o trabalho é um pedação de sua vida, ótimo!


Nada é mais elegante, charmoso e inteligente do que ser independente.


Mulher que se sustenta fica muito mais sexy e


muito mais livre para ir e vir.


Desde que lembre de separar alguns bons momentos da semana para usufruir essa independência, senão é escravidão, a mesma que nos mantinha trancafiadas em casa, espiando a vida pela janela.


Desacelerar tem um custo.


Talvez seja preciso esquecer a bolsa Prada, o hotel decorado pelo Philippe Starck e o batom da M.A.C.


Mas, se você precisa vender a alma ao diabo para ter tudo isso, francamente, está precisando rever seus valores.


E descobrir que uma bolsa de palha, uma pousadinha rústica à beira-mar e o rosto lavado (ok, esqueça o rosto lavado) podem ser prazeres cinco estrelas e nos dar uma nova perspectiva sobre o que é, afinal, uma vida interessante'




Martha Medeiros - Jornalista e escritora

Read more...

25/09/2009

Receitas tipicamente gauchescas II


Continuando com as receitas aqui do sul, vamos ver hoje uma receita que é uma delícia e super fácil de fazer.
História da receita: Os peões que levavam as tropas de gado usavam o charque (carne salgada) em suas idas e vindas, como alimento não perecível, e junto com o arroz abundante na região sul, preparavam essa refeição tradicional. Claro que nas estâncias o arroz com charque era também prato usual, pela sua simplicidade e sabor. O gado vinha do interior para as charqueadas que ficavam à beira do arroio Pelotas, onde eram abatidos e salgados, para então serem transportados em navios que saiam do porto de Rio Grande, para o norte do país e Europa. As cidades de Pelotas e Rio Grande mostram até hoje, casarões, teatros e monumentos, além da cultura, que foram trazidos com o intercâmbio do charque.

Arroz de carreteiro

Ingredientes:
1/2 kg de charque
1/2 kg de arroz
1 cebola
3 dentes de alho
Modo de preparar:
A preparação: Aferventar o charque, trocando uma vez a água. Se o charque for caseiro, basta deixar 5 horas de molho. Picar o charque em guisado médio e colocar na panela para fritar. Se o charque for gordo, colocar menos gordura. Esmagar o alho e picar juntamente com a cebola. Quando o charque estiver bem dourado, colocar a cebola e o alho picados para fritarem. Juntar o arroz e deixá-lo fritando um pouco. Colocar água fervendo até dois dedos acima do arroz. Provar o sal e cozinhar em fogo baixo.


Pode-se incorporar dependendo do seu gosto,outros elementos como:bacon,linguiça etc.




Vaca Atolada
Ingredientes:
2 colheres (sopa) de óleo
1 kg de costela de vaca, cortada em pedaços pequenos(costela gaúcha)
2 cebolas médias picadas
4 dentes de alho amassados
Sal e pimenta-do-reino a gosto (ou tempero pronto)
5 tomates sem sementes picados
6 colheres (sopa) de cheiro-verde picado
3 colheres (sopa) de aguardente
Pimenta dedo-de-moça picada a gosto
2 folhas de louro
2 1/2 litros de água quente
700 g de mandioca descascada, cortada em cubos (já cozida)
Modo de preparar:
Numa panela (de preferência, de ferro) com óleo, frite a costela de vaca, cortada em pedaços pequenos, até dourar (mais ou menos 10 minutos).
Junte as cebolas, os dentes de alho e refogue.
Tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto.
Adicione os tomates, o cheiro-verde picado, a aguardente, a pimenta dedo-de-moça picada a gosto, as folhas de louro e a água quente.
Deixe cozinhar por 50 minutos na pressão, em fogo médio (se necessário, acrescente mais água durante o cozimento).
Quando a costela estiver cozida, acrescente a mandioca descascada e cortada em cubos (já cozida). Deixe cozinhar por cerca de 25 minutos ou até ficar cremoso (as costelas devem ficar "atoladas").






Churros

Ingredientes:
1/2 kg de farinha de trigo

50 g de fubá
1/2 colher (sopa) de fermento em pó
1/2 colher (sopa) de bicarbonato de sódio

1 litro de água- 50 g de açúcar
1 colher (sopa - cheia) de sal
1/2 xícara (chá) de óleo
Açúcar misturado com canela para polvilhar

Modo de preparo:
Numa tigela, misture a farinha de trigo, o fubá, o fermento e o bicarbonato de sódio. Reserve. Numa panela grande, coloque a água para ferver com açúcar, sal e óleo. Quando levantar a fervura, coloque a mistura da farinha (reservada) de uma vez só e mexa rapidamente com uma colher de pau para não empelotar. Deixe cozinhando por 3 min, mais ou menos. Dica: se ficar muito mole, adicione um pouco mais de farinha de trigo. Se ficar muito duro, coloque um pouco de água fervente. Desligue o fogo, transfira para uma tigela e deixe esfriar. (se for utilizar o saco de confeiteiro, utilize a massa ainda quente; se for utilizar a máquina caseira, utilize a massa fria)Coloque a massa dentro de uma máquina caseira de churros (ou dentro de um saco de confeiteiro com bico próprio para churros) e faça os churros com cerca de 15 cm de comprimento. Leve para fritar em óleo quente a 180ºC até que doure. Coloque sobre papel absorvente e polvilhe açúcar com canela. Para churros comum, recheie com o auxílio de uma bisnaga para catchup ou bisnaga de injeção de temperos.Você pode rechear com doce de leite, chocolate ao leite derretido, doce de leite com nozes, goiabada cremosa ou o recheio de sua preferência.
Preço do churros no mercado: R$ 2,00 cada um.
Preço da máquina de churros caseira: R$ 29,90
Preço do injetor de temperos: R$ 4,80
Preço do bico próprio para fazer churros: R$ 3,25
Curiosidades: A origem do churros é espanhola, típico da região de Madri. Lá, é servido no café da manhã sem recheio. Nos EUA, ele é mais comprido do que o espanhol e também não tem recheio. O doce só ganhou recheio na América do Sul.

Read more...

Cristiane

Amiga, cunhada, irmã de coração e alma

Com toda certeza, és um anjo nas vidas daqueles que tem o privilégio de te conhecer.
Esta é uma pequena demonstração do meu carinho por ti.
E desejo que te recuperes logo.
Beijos!!!

Read more...

24/09/2009

Pulseira ecológica



Read more...

Mensagem do dia

Só passei prá deixar uma mensagem e dizer o quanto é bom ter este cantinho e dedicá-lo a todos vocês que me visitam.

Uma ótima quinta-feira a todos!!!
Beijos!!!

Read more...

23/09/2009

Traga a estação das flores e cores para dentro de sua casa


Aproveite que a primavera chegou e deixe a sua casa mais aconchegante, linda e perfumada com belos arranjos floridos.





Qualquer cantinho ficará especial com um toque de cor.



Pode-se ousar, espalhando flores pela sala, varanda, quarto. Mas, cuidado: os arranjos colocados na cozinha merecem uma atenção especial. "Os alimentos liberam um gás chamado metano que é altamente tóxico para flor e faz com que ela morra mais cedo. O melhor é colocar perto de uma janela. Ou investir em folhagens ou numa hortinha que, além de super charmosa, ainda lhe é útil na hora de cozinhar".

Até no banheiro? E por que não?



Simples garrafas ganham charme e dão requinte ao ambiente quando recebem decalque com motivos florais e um singelo arranjo de rosas.


E, porque não utilizar flores em aplicações e em pinturas nas paredes, darão um toque de originalidade em sua casa.


Podemos também investir em tecidos florais para alegrar e dar um charme todo especial ao ambiente, opção de uso são várias: cortinas, almofadas, capas...


Olha que charme esta cabeceira de retalhos e as almofadas florais.
Vamos lá, abuse de sua imaginação e deixe sua casa ainda mais maravilhosa.

Read more...

22/09/2009

Vaso de garrafa pet

A Flymiga CARLA HERMAN ensinou lá no grupo Fly uma dica de reaproveitamento de garrafas pet que é um mimo, veja só:

Para fazer este lindo vaso você vai precisar de uma garrafa pet pequena e uma tesoura.

Enxágüe e seque bem a garrafa, e comece a cortar na altura do rótulo, como na foto:


Comece a cortar tiras de um pouco menos de 1cm de largura e no comprimento até onde acaba a parte lisa da garrafa como na foto.

O ideal seria você calcular no diâmetro uma quantidade de tiras que totalizem em par, para dar certo na hora de entrelaçar.

Quando terminar de cortar vire de boca para baixo e aperte até abrir todas as tiras, e dê um leve apertão para deixar um pouco dobradas as tiras.

Agora é necessário bastante atenção, pois você vai separar 3 tiras com uma mão, e na outra você pega uma tira passa por cima das 3 e enfia atrás da quarta tira. E assim sucessivamente até finalizar.

Pronto, eis mais uma idéia ecológica. E com esta idéia você vai criar muitas outras com garrafas pet maiores e de outras cores.
Ela é um pouco complicada, eu tentei fazer mas não ficou tão perfeita como a da foto, ainda chego lá. a parte mais complicada é realmente o finalzinho, onde deve-se ir encaixando nos espaços entre aquelas que já foram dobradas, até terminar todas as tiras.
Então, mãos a obra e comecem as criações, você verá que tem condições de fazer obras lindíssimas para decorar sua casa e colaborar com a preservação ambiental.

Read more...

20/09/2009

Afirmações de prosperidade

Passeando pela net, achei este texto no http://anjosearcanjosgfb.blogspot.com/, vou procurar colocá-lo em prática a partir de agora na minha vida.



Primeira etapa: Nunca faça uma afirmação negativa sobre o seu estado financeiro, tal como: "Não posso pagar o aluguel", "Não consigo ganhar para as despesas", "Os negócios vão muito mal",
"Não posso pagar minhas contas", etc. Ao lhe ocorrer um pensamento negativo, substitua-o pela afirmação: "Tenho um estoque infinito em meu íntimo e todas as minhas necessidades são satisfeitas instantaneamente". Pode ser necessário ter de repeti-la cinqüenta vezes por hora, mas persista que o pensamento negativo deixará de o preocupar.
Segunda etapa: Adquira o hábito, durante o dia, de condicionar sua mente às riquezas divinas, afirmando: "Deus está sempre presente para ajudar-me nas dificuldades" e "Deus é a fonte instantânea e imediata de meus recursos, proporcionando-me todas as idéias necessárias em todos os momentos e oportunidades" .
Terceira etapa: Ao dormir, todas as noites, repita esta grande verdade: "Sou grato a Deus por suas riquezas sempre presentes, imutáveis e eternas".

Read more...

19/09/2009

Receitas tipicamente gauchescas


Arroz-de-leite
Ingredientes:
1 litro de leite

200g de arroz

20g de manteiga

100g de açúcar

2 folhas de laranjeira

4 cravos-da-índia

1 gema

Canela em pó a gosto
Preparo:
Cozinhar o arroz com todos os ingredientes, menos a canela em pó.

Estará pronto, quando o arroz estiver cozido.
Observação:
Deve restar um creme formado pelo cozimento dos ingredientes.
Servir polvilhado com canela em pó.






Sagu
Ingredientes:
½ Kg de sagu

½ litro de vinho

½ litro d´água

3 cascas de canela

½ Kg de açúcar
Preparo:
Misturar o vinho e a água e levar ao fogo até ferver. Lavar o sagu ligeiramente e colocar na panela, onde o vinho está fervendo. Mexer com colher de pau para não grudar no fundo. Quando os grãos ficarem transparentes, apagar o fogo e acrescentar o açúcar e a canela. Mexer bem para que o açúcar se dissolva. Servir frio ou gelado, coberto com creme
Observação:
O vinho poderá ser substituído por leite.
Creme para acompanhar o sagu
Ingredientes:
½ litro de leite

2 colheres (sopa) maizena

2 colheres (sopa) de açúcar

1 colher (cafezinho) de açúcar de baunilha
Preparo:
Misturar todos os ingredientes e levar ao fogo para engrossar. Servir frio, sobre o sagu








Mocotó
Rendimento: 25 pessoas
Ingredientes:
4 patas

1 tripa grossa

4 Kg de mondongo

2 Kg de feijão branco

1 Kg de lingüiça fina

½ litro de óleo

¼ Kg de cebolas

5 dentes de alho

1 molho de manjerona

3 molhos de temperinho verde

1 lata de extrato de tomate de ½ Kg

5 pimentas verdes

½ garrafa de vinagre

6 ovos cozidos

¼ Kg de azeitonas
Preparo:
Limpar as patas, o mondongo e a tripa grossa na véspera. Retirar a gordura que se acumula na superfície da água em que foram fervidas as carnes e reservar esta água para ser usada na fervura do mocotó. Deixar o feijão de molho de um dia para o outro. Cozinhar na mesma água, acrescentar um pouco da água reservada da fervura das carnes. Quando estiver pronto, socar a metade do feijão, colocar o mondongo, a tripa grossa e a carne das patas, tudo picado, e o restante da água reservada. Mexer para que não grude no fundo da panela. Fritar na gordura bem quente a lingüiça cortada às rodelas. Acrescentar a cebola, o alho e a manjerona picadinhos. Deixar refogar bem, até que os temperos desmanchem. Colocar o extrato de tomate. Quando estiver pronto, virar tudo na panela, onde o feijão e as carnes estão cozinhando. Baixar o fogo e mexer, cuidando para não queimar. Temperar com sal.
Picar os ovos cozidos, dois molhos de tempero verde e azeitonas sem caroços. Misturar tudo e levar à mesa para ser usado ao gosto de cada um.
Picar bem a pimenta e um molho de temperinho e misturar com ½ garrafa de vinagre. Este molho também será usado ao gosto de cada um.
Observação:
Um mocotó completo é composto de 4 patas, 1 tripa grossa, 1 coalheira e 4 Kg de mondongo. Não se usando coalheira, acrescentar mais 1 Kg de mondongo. Se fizer mais de um mocotó, usar 1 Kg de feijão branco por mocotó.








Doce de Abóbora
Ingredientes:
1Kg de abóbora-menina descascada, 2Kg de açúcar cristal, 500ml de água, 3 cravos-da-índia, 20g de canela em casca, 50g de cal virgem
Preparo:
Cortar a abóbora em pedaços de 100g cada e colocar de molho em uma vasilha com água e o cal virgem para formar uma película na abóbora. Deixar de molho no mínimo 30 minutos. Escorrer e lavar bem em água corrente. Furar os pedaços da abóbora com um garfo. Acrescentar o restante dos ingredientes e levar ao fogo. Deixar ferver até cozinhar bem. Quando estiver em ponto de calda consistente, estará pronto. Deixar esfriar e servir com a própria calda.
Observação:
Para cristalizar a abóbora, dar um ponto bem alto na calda. Retirar e passar no açúcar cristal. Colocar em uma peneira para secar ao sol.

Read more...

Blog globalizado